Loki, o cachorro travessura

by - 12:10

Tava pensando no que seria legal postar aqui hoje e um cachorrinho não parava de me lamber e pular na minha cabeça. Não tinha outro jeito, o post tinha que ser sobre essa figurinha, ainda mais que esse mês ele vai fazer 1 aninho de idade. Vou apresentar pra vocês um dos amores da minha vida.
Foi em abril do ano passado que adotamos um carinha todo atrapalhado.
Na jaulinha chamou nossa atenção quando bocejou e caiu dando uma cambalhota. Era ele. Eu e meu namorado, Paulinho, tínhamos perdido nossos respectivos cãezinhos e nada melhor que um filhote para trazer alegria pra casa. Nossa escolha foi de adotarmos juntos, seria o nosso cachorro, nosso filho.


Numa manhã de sábado trouxemos ele pra casa, um bichinho tímido de 4 meses que só queria ficar no colo. Mas não demorou muito pra já começar a destruição hahaha. O nome já havia sido escolhido, entre Ozzy e Loki, o deus nórdico da travessura ganhou a disputa. E caiu como uma luva.
Uma coisa que não faltou pra esse cachorro foi amor, acho que até mimamos demais esse pequenininho (que agora tá enorme) e só quer saber de carinho.


Esse barrigudo num piscar de olhos foi crescendo e a gente, se apaixonando. Posso dizer que ele uniu ainda mais meu namoro por termos o criado juntos, educado e ensinado uns truques. Essa foto ai tá no mural do quarto do Paulinho e ele diz que é a foto favorita dele porque "ta com cara de mãe". 


Eu simplesmente sou apaixonada por filhotes, então imaginem.... não conseguia me desgrudar desse pimpolho, poço de fofura. Já haviam me dito que ter um vira-lata é ótimo porque eles te amam com muita gratidão, e realmente, adota-lo foi a melhor coisa que nos aconteceu em 2014.


Rapidinho ele foi crescendo. Ensinamos o Loki a pegar o brinquedinho e depois que aprendeu, toda vez que saímos no quintal ele vem querendo brincar e faz de tudo pra disputar com o pai quem aguenta mais puxar esse osso hahahah. Esse cachorro tem muuuita energia, às vezes fica difícil acompanhar. Mas né, é coisa de filhote.
Já ta espertinho e entende comandos como "sentar"e "dar a patinha", e eu babona acho isso genial.



Poesia é o olhar que ele tem. Delícia é o abraço que ele sabe dar como se fosse gente. 
E não tem um dia sequer que o Paulo chega do trabalho com cheirinho de peixe (ser sushiman não  é fácil) e o Loki vai recebê-lo com lambidas na cara.
Essa rotina gostosa "quase de casada" que estou vivendo, eu ele e o nosso filho, me faz tão bem. Porque pra nós, nos bastamos. 
Onde eu vou, o bichinho ta atrás. E não importa, os olhos dele sempre estão em cima de mim. Não to com ele sempre porque me divido entre São Paulo e Ubatuba, e talvez ele saiba que uma hora eu vou embora. Mas o filhote não desgruda, me faz sentir uma mãe mesmo.



Eu gosto de me jogar no chão pra brincar com ele, gosto de bater na bundinha magra que ele tem, gosto de apertar, beijar, morder. Sou apaixonada. Fascinada por esse cachorro.
Hoje, pela primeira vez, Loki viu uma bexiga. Ficou louco até estourar na boca dele hahahahah ai já viu né, ficou morrendo de medo e nem queria mais chegar perto. Mas depois tomei um banho de mangueira com ele pra aliviar um pouco o calor e posso dizer, estou feliz.
Bom, pra terminar faço um apelo: ADOTEM! Procurem saber onde na sua cidade há feiras de adoção e salve a vida de um anjinho. A gratidão é eterna e o amor é imenso ;)

You May Also Like

2 comentários

  1. Vira-latas são um amor. ♥
    Eu também adotei a minha e a casa não seria a mesma coisa se ela não tivesse aqui. A felicidade dela quando a gente passa o dia fora e quando volta é uma coisa difícil de explicar. Tão linda! Não consegui nem aproveitar direito a minha quando pequena, cresceu tão rápido.
    Adorei as fotos e o texto.
    Seu Loky é lindo *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São um amor mesmo! Não imagino como seria sem ele <3
      Obrigada!! Que bom que gsotou. Meu loki é uma gracinha msm hahahaha vlw

      Excluir