Image Map

Que venha 2017!



Oi amores, como vocês estão se sentindo no último dia do ano? Espero que já tenham pensado em tudo que passaram, fizeram a retrospectiva de suas vidas e agradeceram pelas lições e bençãos. 
O ano de 2016 foi um ano importante por variadas razões. Vou listar algumas questões que acredito serem essenciais para a reflexão:

  • Foi um ano de fechamento de ciclo. Um ciclo de 36 anos regido pelo Sol acaba de se encerrar. Além de 2016 na numerologia ser um ano 9 (2+0+1+6) que também representa encerramento de ciclo. O Sol em todo seu brilho simboliza a individualidade, ser o centro, o egocentrismo, a vaidade, a dominação, o sentimento de lutar pelo o que é meu, mas por outro lado, a busca pelo autoconhecimento e da criatividade. A jornada de se mergulhar em você mesmo e descobrir sua sombra, seus medos, suas angústias e traumas, iluminadas pela luz do Sol e da autoconsciência. É o símbolo do excesso e como vivemos os excessos nesses últimos anos, não é? Até chegar ao limite do insustentável. O consumismo desenfreado e a exploração dos recursos naturais nos trouxeram uma realidade não muito agradável. O individualismo chegou ao extremo, as redes sociais expressaram bem o sentido de brilho do sol de cada um, todos querendo serem vistos e reconhecidos. Mas qual o sentido? Quanto mais precisávamos da validação do outro para sermos alguém, mas isso nos diminuía. Foi aí que entendemos a importância do amor próprio. Foi aí que entendemos o empoderamento. Foi aí que entendemos que não olhar pro próximo também nos afeta, e que precisamos pensar em níveis coletivos e individuais. A Humanidade é Uma Unidade, em Um Universo em que somos Irmandade. Não somos superior a ninguém. Depois desse ciclo regido pelo Sol e por todas as suas atribuições, finalmente mudamos.
  • 2016 foi um ano em que senti que as consequências de nossas ações vieram mais rápidas do que nunca. A energia do tempo foi sentida passando mais rápida do que nunca. Num piscar de olhos, acabou. Mas tanta coisa aconteceu... As pessoas começaram a estar mais sensíveis à vibração energética. Cortaram de suas vidas pessoas tóxicas que lhes sugavam energia vital. Cortaram de suas vidas atividades que não lhe davam prazer de viver. Reconheceram em si mesmas o poder da intenção. A intenção decidirá a carga energética de sua ação e as coisas devem ser feitas baseadas no amor. Para aqueles que vibraram amor, as coisas simplesmente entraram num fluxo perfeito de sincronicidade. Para aqueles que negaram o amor, as coisas foram bem difíceis e requeriam muito esforço. Vários relacionamentos acabaram porque não bastavam mais, porque não valiam mais a pena, ou porque não eram baseados no amor. Eu mesma terminei meu relacionamento de 4 anos esse ano, e acredito que foi no momento certo. Foi infinito enquanto durou e durou pra sempre até valer a pena. Mas foi preciso que acabasse pra que eu pudesse direcionar minha energia à mim mesma e não somente à nós. E isso também valeu pra ele. Crescemos muito individualmente e como amadurecemos. O que importa é ter acabado com respeito, consciente do que estávamos fazendo e com um sentimento de profunda gratidão mútua.   
  • Foi um ano que em qualquer roda de conversa que eu estava, o assunto energia ou espiritualidade aparecia naturalmente. E não estou dizendo sobre discussões religiosas, na verdade, a religião em si foi bem questionada, assim como vários outros paradigmas que regem a Terra (machismo, questões de gênero, educação bancária, partidos políticos...) As pessoas estão sedentas por algo maior. O que nos ofereceram como importante pra vida, não nos é mais suficiente e não supre nossas necessidades mais profundas. O que era raso e superficial ficou obsoleto. Alguns se deixaram levar pelo extremismo ou fanatismo. Defenderam suas ideias com unhas e garras e pouco ouviram a opinião do próximo. Muitos ainda permaneceram na ideia de dualidade, de escolher um lado da força, de ou ser isso ou ser aquilo. Vivem com uma visão limitada de um mundo que só tem dois lados da moeda, e esqueceram de olhar o Todo, o Sistema. Os que sentiram e entenderam a noção do Todo, não se sentiu desamparado. Compreenderam que fazem parte de algo muito maior do que nós, mas que se estamos aqui nesse momento, temos um propósito. Muitos descobriram ou começaram a intuir o seu próprio propósito de vida, o porquê estão aqui e o que realmente avivam sua alma.

Olhando pra o que passei por 2016, sinto que nunca fui tão eu como sou agora. Comecei minha teoria, comecei a direcionar minha energia para as meditações, procurei restabelecer minha ligação com o Divino e tive muitas experiências espirituais que me guiaram num processo de profundo autoconhecimento. Foram incontáveis "coincidências" de pessoas que apareceram no momento exato, de sinais que foram impressionantes e me levaram a coisas que eu precisava, sonhos reveladores e insights importantíssimos. Minha intuição está mais apurada e aprendi a ouvi-la com mais atenção e cuidado. Só tenho a agradecer por tudo que aconteceu e por tudo que sou. O ano dos meus 21 anos, o ano do meu despertar da consciência e o ano que entendi o que vim fazer aqui.


2017 vem trazendo o novo. Um novo ciclo de 36 anos regido por Saturno, além de ser um ano regido pelo próprio Saturno, e mais, janeiro inicia o ano com o signo de capricórnio que também é regido por Saturno. Ou seja, uma tripla regência, trazendo uma injeção de grande energia solar principalmente para o Trópico de Capricórnio no solstício de verão que transpassa o Brasil (e principalmente Ubatuba <3).
Vamos nos despedir das energias densas que nos desviavam do nosso verdadeiro propósito e vamos saudar uma nova fase que preza a clareza.
Clareza pois tudo será cristalino. Nada ficará encoberto. Precisamos pensar antes de agir, agir conscientes. Os erros serão claros e suas consequências também.Não haverá energia em cima do muro. Precisamos optar por irradiar luz e amor, nossas decisões internas precisam nascer da clareza e da intenção consciente. 
Saturno simboliza o grande pai, aquele que impõe limites e preza pela integridade e responsabilidade. A clareza será a mãe de todas as coisas. Viveremos a matéria, o mundo material, com uma nova consciência, sem excessos nem carências. Muitas coisas precisam ser repensadas, revistas, desconstruídas baseadas no respeito e na generosidade para dar lugar ao novo. 
Seremos impulsionados a fazer o novo que agrada nossa criança interior, trazendo a espontaneidade e criatividade para criar com leveza, alegria e suavidade. Precisamos SER, EXISTIR. 
Ficará claro para quem estiver consciente, quem também está no seu nível vibracional e quem decidiu negar a luz. Essas pessoas são levadas a se vitimizar e se desesperar, se distrair. Será necessário de desapegar dessas pessoas e aceitar as suas escolhas, respeitando seu momento de evolução. Não precisamos ser aprovados pelos outros, mas seremos cobrados a nos conhecer, buscar nossa evolução interna que naturalmente transparecerá e dará contorno a sua própria realidade. Está surgindo uma nova Humanidade, uma nova concepção. Temos que ter discernimento para saber proteger o que é necessário e deixar ir aquilo que não nos serve mais. 
A ÁGUA CRISTALINA será o elemento da nova Terra. E engraçado que na minha última meditação, pude ver a diferença das energias. A energia negativa é uma coisa pegajosa, que gruda e é espessa, e quando ela impregna no coração fica difícil de tirar. A energia positiva é leve, é de luz, é livre e é expansiva. Peça para que a água viva te limpe, limpe seu coração dessa energia grudenta e que pesa sua cabeça, sua mente e sua vida. Peça pra luz integrar a sombra e te deixar ver. Mergulhe em você, será que encontrará um mar de lama ou um lago cristalino?
Estamos aqui para sermos únicos, pois somos. Chegamos a um novo patamar de evolução e aprendemos que QUANDO ME ELEVO, TODA EXPERIÊNCIA SE ELEVA COMIGO. Não adianta julgar o outro, e sim olhar pra si. Precisamos mudar internamente para a mudança externa acontecer. 


No dia 1/1/2017 às 1:11 dizem que um portal interdimensional se abrirá e será de extrema importância em qual vibração você estará vibrando nesse momento. Agradeça, vibre luz e seja luz.
Mude seus pensamentos, ações e sentimentos, se renove, aceite, perdoe e recomece. Não entre em 2017 com uma vibração de medo do que virá, ou já reclamando do que virá. Esteja aberto a viver o que tiver que viver e saiba que tudo é um espelho, um reflexo. Tudo está propício para uma grande e boa mudança, seja parte dela. Mova-se, mude, transforme. 

Um bom recomeço e um ótimo ano novo e ciclo novo pra vocês!
Ano que vem tem muita novidade! Que a Luz da consciência Divina esteja em seu coração.


Bjos,
Evy

Alguns trechos foram retirados do link: http://www.kryonnobrasil.com/news/partilhas-amorosas-de-energia-a-chegada-da-era-cristalina/


0 comentários:

Postar um comentário

 
Image Map