Image Map

Como se blindar de energias externas?

Boa noite, criaturas! Faz um tempo que andam pedindo que eu fizesse um post sobre essa questão de energia e bem, finalmente vou atender ao pedido de vocês! Lembrando que o que eu responder aqui é baseado no que eu acredito e estou construindo para a teoria, além das minhas experiências pessoais, mas penso que verdadeiramente pode ajudar. Depois vocês me contam!! hahah
Vamos lá, primeiro vamos pensar na dinâmica da energia. Nós vibramos. Somos compostos por átomos que vibram. Temos movimento constante enquanto estivermos vivos: a prova ta aí no seu coração batendo ou no seu pulmão se enchendo e esvaziando. Vivemos numa troca com o universo, ou seja, há uma relação entre você como indivíduo e todo o ambiente em que você está inserido. Tudo que fazemos (qualquer verbo que seja) é uma ação que possui uma carga energética, podendo esta ser positiva ou negativa. Mas então, o que define a carga energética da sua ação? Bem simples: sua intenção. Tudo o que você pensa, fala, sente, age, etc possui uma intenção intrínseca que então definirá aquela ação. A questão é que muitas vezes, a maioria delas, nós não estamos conscientes de nossas intenções. Isso se deve principalmente pelo nosso pouco conhecimento sobre nós mesmos. Vou dar alguns exemplos: quando você precisa fazer algo, mas decide fazer com má vontade, aquela ação está carregada de energia negativa e será bem difícil você fazer o que precisa, as coisas começam a travar, parece que nada está te ajudando, você perde tempo e se sente ainda mais impaciente e frustrado. Mas se você se tornar consciente da sua má vontade e compreender que aquilo precisa ser feito de qualquer jeito, qual o sentido de fazer algo sem amor? Então, você conscientemente decide fazer o que precisa com uma outra carga energética, de aceitação, e parece que tudo flui, você se empolga e acaba mais rápido do que imaginava. Este é um exemplo bem simples de como o universo responde à sua intenção. Mas isso é bem mais complexo. Às vezes, nossas ações não possuem um retorno imediato, uma resposta rápida ou algo do tipo. Às vezes, é preciso paciência porque o tempo do universo é diferente do nosso. E tudo bem. Você confia que suas ações terão sim um retorno, porque toda ação tem uma reação, independente do tempo. As ondas que liberamos para o universo e carregam certa energia, alguma hora retornará trazendo a mesma carga energética, mesmo que seja por outras ações. Por exemplo, não é porque você deu um prato de comida para alguém que necessariamente receberás um prato de comida, mas esta carga energética poderá retornar de qualquer outra forma, por exemplo como uma boa conversa com um amigo que te alimente com conhecimento para alma. Não necessariamente que alguém matou alguém, que o assassino será assassinado, mas o sofrimento causado retornará de alguma forma. 
Então, a primeira coisa que digo à vocês é: tenha consciência de qual intenção se esconde por trás de qualquer ação que você está liberando. A partir do momento que isso se torna informação, você tem o poder de escolher o que fazer com ela. 


Classifico quatro funções sobre a dinâmica da energia e vou explicá-las com um olhar para as relações humanas que é o que está em questão aqui:
  • Adicionar: você pode espontaneamente doar energia a alguém ou receber energia de alguém que está disposto a te doar. Essa doação nem sempre é consciente, mas acontece quando a intenção da pessoa é de oferecer. Oferecer ajuda, uma palavra amiga, oferecer tempo, oferecer escuta, etc... É bem fácil de pensar nessa adição quando por exemplo alguém decide te fazer carinho, e você recebe aquela energia porque a pessoa decidiu te oferecer.
  • Sugar: é quando você entra em contato com alguém que depois você se sente esgotado, como se a pessoa tivesse literalmente sugado sua vitalidade, energia, saúde, etc. Ou ao contrário, você encontra alguém que está com a energia positiva bem maior que a sua, e inconscientemente você puxa um pouco daquela energia pra você, sem que ela saiba (porque não foi ela que está te oferecendo), mas a questão é que você não se sente melhor assim, você só piora o outro. Por exemplo, você começa a reclamar insistentemente e nada do que te falem é suficiente pra resolver seus problemas, então, você continua reclamando. Consequentemente, as pessoas que estão no mesmo ambiente que você estão sendo bombardeadas pelas ondas negativas que você está liberando e com essa atitude você acaba sugando a energia positiva do ambiente numa tentativa que seu ser integral tem de se equilibrar. 
  • Neutro: é quando há uma troca recíproca. Ninguém perde, ninguém ganha, há uma troca de igualdade energética.
  • Intervir: é quando você manipula a energia de algo ou sua própria. Um exemplo bem simples: você pode manipular a energia térmica, esfregando suas mãos uma na outra e colocando sobre alguém, direcionando essa energia à ela. Ou se utilizar da energia dos quatro elementos, da natureza, da arte para direcioná-la para algum fim ou alguma pessoa.  O Reiki também é um ótimo exemplo.

A segunda dica é uma que mudou minha vida completamente. Qualquer pessoa, situação, sonho, qualquer coisa que apareça no seu universo, pare e pense: o que representa este símbolo na minha vida? Então, mesmo que apareça aquela pessoa insuportável, pare e pense o que ela pode estar significando para você... Será que ela te remete algo que você nega em si mesmo? Será que ela te remete a algo que você precisa aprender a lidar? Será que ela representa um apoio para você exercitar sua habilidade de paciência, compaixão, etc? Aí você começa a parar de absorver aquela energia e abre os olhos para como você pode se relacionar com aquele símbolo. Se você acredita que nada é por acaso, então você aceita não só as coisas maravilhosas, mas também as dificuldades, e vê nas crises uma oportunidade de evolução, pois lembre-se: toda crise gera mudança. Mudança é movimento. Movimento é vida. A vida acontece num continuum no tempo em constante evolução. Aí você tende a parar de se vitimizar pelas situações em que você mesmo se colocou, se responsabiliza pela sua energia e entende que tudo que está chegando até você é um reflexo de como você interage com o mundo.


Terceira dica: quando se sentir esgotado ou cheio de energia negativa, busque conseguir energia de forma apropriada, e não sugando o amiguinho, ok? Se não vão entrar num ciclo eterno. Quebrem o ciclo da negatividade! Para conseguir energia existem vários jeitos, um dos mais eficazes é ir pra natureza, dar uma fugidinha pro parque e contemplar à criação da energia divina, colocar o pé na areia, entrar no mar, banho de cachoeira, etc... Eu acredito que cada um possua um guia natural, que é algum elemento da natureza em que você tem mais afinidade e consegue energia mais facilmente.Como já disse aqui antes, o meu guia natural é a lua... eu sinto a luz dela entrar em minha pele e me energizar. Já conheci gente que se conecta com folhas, já conheci gente que se conecta com a tempestade, com o vento... Enfim. Outro jeito de conseguir energia é meditando, o simples fato de você estar ciente de sua respiração já te energiza. Quanto mais você medita, mais você vai mergulhando em você mesmo e se aproximando de sua essência divina que é pura energia. Quando você separa um tempo para fazer o que gosta ou não fazer nada, também é uma maneira de recarregar sua bateria. Vou ser legal e dar mais uma forma de se energizar: terapia! Quando você fala e se escuta é possível compreender coisas sobre você mesmo e se esvaziar de traumas, sentimentos e problemas que te pesam, consequentemente você se sente mais leve.


Quarta dica: uma coisa que me ajudou bastante é todo dia de manhã, antes de sair de casa, eu faço um decreto de proteção que já mencionei aqui neste post. Não necessariamente precisa ser o mesmo que eu faço, mas tire uns minutinhos para pedir proteção de energias ruins e discernimento para que você também não vibre negativamente, é muito bom começar o dia com a intenção de que será um dia bom. Uma dica que me deram é sempre procurar um motivo que te fez feliz no seu dia, mesmo que seja um sorriso de uma criança estranha, ou o semáforo fechar no momento exato que você precisa atravessar. Treine seu olhar para ver os atos de bondade ao invés de se atentar só para os problemas.




A quinta dica, e última, é a mais difícil, mas eu vou repetir eternamente sua importância: se amem! O autoconhecimento te leva ao amor próprio. Quanto mais você busca conhecer sua essência, mais você se entrega à sua autenticidade de ser e passa a respeitar todos os seres que te cercam, pois entende que neles também há uma essência única e singular. Então, num ato de amor com você mesmo, o reflexo de suas ações será amor e o que te retornará será amor também. Amem. O amor é a vibração mais alta. Só ele é capaz de quebrar as baixas vibrações de medo, de violência e de dor. O amor cura. O amor comunica. O amor integra. O amor desperta!


Espero que tenha ajudado, amores!
Uma ótima semana pra vocês <3
Evy



2 comentários:

  1. Melhor post que já li escrito por você.
    Continue assim! Parabéns.
    Muito orgulhoso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uau! Muito obrigada! Fico feliz com sua presença ilustre acompanhando meu blog :)
      Gratidão

      Excluir

 
Image Map