Desafio dos Mantras - 3ª semana

by - 16:06



Oi gente, como vai a vida? Chegamos a terceira semana de desafio dos mantras!
Primeiramente, gostaria de compartilhar alguns relatos de vocês aqui sobre o desafio porque desde o início era esse o objetivo, certo? (post) Criar um espaço aqui para as nossas experiências. Aproveitar também para tirar algumas dúvidas recorrentes.

Gente, pode começar quando vocês quiserem, contanto que comecem do primeiro mantra e faça na sequência (2º dia - 2º mantra/ 3º dia - 3º mantra...), e se caso você não tenha feito um dia, não precisa voltar tudo, é só continuar de onde parou. Seria melhor se vocês conseguissem fazer todos os dias, para criarem uma rotina com a meditação assim como o relato a seguir, que é maravilhoso!






Incrível, né? A família toda participando do desafio. E o corpo realmente começa a pedir pela meditação, por aquele momento único que você se volta para o seu interior. Não existem regras, podem acontecer qualquer tipo de visualização, o importante é que vocês pensem sobre a cena, escute sua intuição e observem. Sempre observem. O bom de escrever depois é que pode te trazer mais insights ou até mesmo o conteúdo de uma outra meditação complemente o que você experienciou. Sobre a mãe dela ter decidido parar de fumar, mesmo por algumas horas, é um reflexo de que a meditação tem um poder de cura e conscientização muito forte, poderoso. Os velhos hábitos, crenças, comportamentos, padrões são repensados e analisados pelo sujeito, e naturalmente, nossa mente está voltada para a meta de nos tornamos nossa essência de luz, que não necessita de vícios. Não percam as esperanças porque como vocês puderem ver, no começo é realmente difícil, assim como tudo que a gente faz pela primeira vez nos causa um certo estranhamento até nos adaptarmos ao que é novo. Eu fico verdadeiramente feliz com a experiências de vocês, é puro amor!
Os próximos relatos também são de visualizações.

Nesse relato podemos ver que mesmo sendo o primeiro mantra e o primeiro dia, já veio uma visualização muito importante para ela. Uma cena linda, de resgate do eu e de integração com a luz. É isso que acontece quando intencionalmente decidimos nos conhecer. As coisas acontecem! No começo não sabemos mesmo o que fazer com as novas informações, mas é normal, nós não estamos acostumados a nos encontrarmos desse jeito, ainda mais sem intermédio de alguém ou algum objeto. Esse é o novo padrão. Assumir o nosso novo eu e a nossa verdadeira essência é um caminho necessário, mas que o tempo todo nos deparamos e encaramos o desconhecido. O desconhecido em nós mesmos. E, como eu sempre digo, não tenha medo do desconhecido.

Sensações corporais são extremamente normais nas meditações. Arrepios, tremores, calor, frio, formigamento, sensação de estar girando, flutuando ou desaparecendo o "contorno" do seu corpo, etc, podem acontecer e, mais uma vez, não é preciso sentir medo. É apenas seu corpo reagindo às mudanças energéticas. O decreto de proteção é sempre bom fazer antes de iniciar a meditação pra criar como se fosse uma cápsula de luz em volta de você te protegendo, então nada de ruim te atingirá ou chegará perto. Sobre a visualização, às vezes não entendemos na hora, mas escreva. Observe como você se sentiu quando a cena lhe surgiu. Se a razão começar a tomar conta, ou qualquer outro tipo de controle, sempre volte o foco para a sua respiração e à observação do que lhe vier, podendo até ser ativo, criando uma realidade, desfecho ou solução para algo.

O bom é que vocês provam tudo que eu falo aqui hahah. Viu o que acontece quando você não sente medo? Não precisa sentir medo algum! Às vezes você está sentindo o seu guia, seu anjo ou apenas a energia mudar, mas isso não é sinal de que precisa ter medo. Pelo contrário! Nossos guias querem nos ajudar, mas o medo os afasta por ser uma energia de vibração tão baixa. Sinta amor e gratidão! AMOR E GRATIDÃO! O choro de amor e gratidão é o que transborda nos olhos quando a alma se inunda porque é por isso que ela está sedenta!

Sério, até me emociona um relato desse... Vocês sentem? Sentem como o encontro com o nosso verdadeiro eu pode ser transformador? A nossa essência divina é maravilhosa e nos proporciona coisas que nem imaginamos. Ela é carregada de amor, luz, cura e consciência e é disso que precisamos para voltarmos a ser seres inteiros, saudáveis, fortes e brilhantes. Eu só tenho a agradecer o Universo por ter me dado a chance de materializar algo tão grande para poder ajudar almas no seu despertar. Eu amo cada um de vocês, amo cada coisinha que acontece com vocês e te levam mais longe e mais alto. Estou escrevendo com lágrimas nos olhos e um calor no coração. Eu sabia que esse desafio seria importante e teria um resultado desses, mas ver isso acontecendo no meu aqui agora é simplesmente sensacional. Muita energia pra todas as almas lindas que estão se descobrindo luz!
Agora vem os mantras dessa semana! Bora!

MANTRAS:
15/7: Se descubro sobre meu universo interno, meu universo externo se expande e se manifesta.
16/7: Lua, me energiza!
17/7: Me faça ser canal da tua energia.
18/7: Perto de sua grandeza sou pequena, mas se me integro ao Todo, sou imensidão.
19/7: Sem ti não sou nada. À ti sou grata!
20/7: Eu crio minha própria realidade pela minha liberdade de escolher e a minha capacidade de vibrar.
21/7: Me responsabilizo pela minha vibração.
22/7: Eu sou a chama violeta!
!!! Lembrando que para os mantras dessa semana são 20 minutos de meditação!!!
Qualquer dúvida, leiam os posts anteriores: Desafio dos Mantras. E se precisarem falar comigo, quiser compartilhar sua experiência ou conversar é só me procurar nas redes sociais (tem tudinho nas abas do lado direito do blog).
Uma ótima semana para vocês! 
Evy

You May Also Like

2 comentários

  1. Faz o dia 18 q eu escrevi errado e vou acrescentar outro mantra para o dia 22

    ResponderExcluir